28 de jun de 2013

[Vídeo + Review] JWP Haruyama's 15th Anniversary Show


Assista ao show comemorativo de quinze anos de carreira de Kayoko Haruyama produzido pela JWP! O show também conta com Kana, Hailey Hatred, Tsubasa Kuragaki e Command Bolshoi.


A JWP produziu um show em homenagem à Kayoko Haruyama, que completa quinze anos de carreira. Pra ocasião, a aniversariante vai enfrentar Meiko Satomura, outra veterana, da Sendai Girls, no main event. Além desse combate, o show ainda tem Hailey Hatred defendendo seu REMIX Championship contra Tsubasa Kuragaki, a powerhouse da JWP que foi um dos grandes destaques do CHIKARA King Of Trios 2012.

No card há também uma six-woman tag match com o debut de Kana como membra oficial do roster da empresa, enfrentando a stable Heart Move Kei. Suas parceiras são a JWP Openweight Champion, Arisa Nakajima, e a presidente da federação, Command Bolshoi, outro destaque do King Of Trios. 

Kana foi adicionada ao  roster graças a Nakajima, sua melhor amiga. A lutadora tem um nome deveras manchado na cena joshi por ter lesionado wrestler novas com seus chutes e por ter dado declarações negativas sobre a cena em geral, afirmando na ocasião que tinha que lutar contra homens, pois não existiam mulheres com uma habilidade do seu nível. 


Vamos ao review!

1. Sachie Abe & KAZUKI vs. Leon & Saree (começa em 00:34)
Luta divertida, principalmente levando em conta o lugar que ocupa no card. Leon e Sachie são wrestlers veteranas e com uma habilidade acima da média. KAZUKI, com uma carreira também extensa, nem tanto, enquanto Saree é uma lutadora nova e com pouquissima experiência. Nese combate, isso fica tão visível quanto o potencial da wrestler em questão, que lembra um pouco Ayumi Kurihara em seus anos de novata. 
Botches a parte, merece ser vista, especialmente pela performance de Leon. **


2. JWP Tag League Qualification: Manami Katsu vs. Rabbit Mito vs. Lady Steel vs. Nana Kawasa (começa em 17:42)
As regras da luta são que as duas primeiras que conseguirem a vitória se juntam como dupla para o torneio de tag teams que começa nos próximos eventos da empresa, e que culminam em um title shot pelos cinturões. Houveram mais botches que na luta anterior pelo fato de todas as quatro lutadoras terem pouco tempo de ringue. 
Rabbit, que tem 17 anos de idade, um de carreira e menos de um metro e quarenta de altura, é o destaque do combate. Mesmo com poucos golpes chamativos, ela usa a criatividade e chama atenção usando sua criatividade em spots diferenciados. No geral, uma luta divertida, mas ao mesmo tempo esquecível. *1/2


3. REMIX Championship: Hailey Hatred (c) vs. Tsubasa Kuragaki (começa em 27:34)
Ótimas performances de duas das melhores powerhouses na ativa atualmente! A luta começa num ritmo lento, com mat wrestling e disputas de força, e vai evoluindo pra um embate de lariats e chutes violentos de Hatred contra um atleticismo incrível pra alguém do tamanho de Kuragaki.
A platéia se envolve cada vez mais ao decorrer da luta, ficando totalmente estarrecida nos minutos finals. ***1/2


4. Arisa Nakajima, Kana & Command Bolshoi vs. Heart Move Kei (Hanako Nakamori, Morii & Kaori Yoneyama) (começa em 45:09)
Os dois trios tiveram dinâmica e química bem divertidas, e o estilo de luta diferente de cada uma das lutadoras tornou a luta bem completa. A história é contada de forma impecável, com Bolshoi se posicionando contra a presença de Kana diversas vezes. Nakamori e Kana chamam atenção por seus chutes, Bolshoi e Yoneyama pela velocidade e técnica, Morii por sua força e Nakajima por seu carisma. Luta da noite. ***3/4


5. Meiko Satomura vs. Kayoko Haruyama (começa em 01:06:02)
Luta que comemora os quinze anos de carreira de Haruyama. Quem conhece as duas lutadoras, sabe que elas tem um potencial enorme pra fazer grandes lutas, principalmente Satomura, que é uma das melhores wrestlers do mundo atualmente. No entanto, enquanto a luta parecia incrível no papel, na prática acabou faltando uma quimica entre as duas, deixando o combate muito aquém do que poderia ter sido. Vale ver pelos spots usuais das duas, mas é longe de ser ago espetacular como era esperado. **


0 comentários:

Postar um comentário