2 de jul de 2013

Taishi Takizawa é preso após assediar uma mulher


O até então Strongest-K Champion, Taishi Takizawa, foi obrigado a deixar vago o principal cinturão da Kaientai Dojo após ter sido preso por estar tirando fotos das partes íntimas de uma mulher.


Apos ter sido levado à delegacia, Takizawa passou um dia na prisão e após pagar a fiança foi liberado.


TAKA Michinoku, fundador da K-Dojo, juntamente com Toshiki Toeda, ex-presidente da empresa e hoje conselheiro, realizaram uma conferência com a imprensa para dar o aval da empresa sobre o acontecido. Eles, basicamente, desculparam-se e disseram que procurarão não deixar mais que isso aconteça. Takizawa estava com eles, mas com a cabeça raspada, como forma de demonstrar arrependimento. O lutador também desculpou-se imensamente e disse aceitar qualquer tipo de punição imposta pela empresa.

TAKA Michinoku, Taishi Takizawa e Toshiki Toeda.

1 comentários:

  1. Em alguns lugares do mundo, ele já teria sido demitido. Talvez o fato não ganhe grande repercussão, por se tratar de uma empresa "pequena". Foi uma enorme burrada do rapaz, que me lembra muito o "Jiro" da FCW... Oh Wait, é ele mesmo!

    ResponderExcluir